domingo, 7 de junho de 2009

Desabafo aos Brasileiros


Homens que criam mágicas para salvar o mundo. Em falta de espaço jogam no céu lixo atômico sobras de espaçonaves, excrementos da burrice humana. Por que não criam soluções e consertam este país de tantos contrastes, ora, chuva em abundância no Sul, alagando cidades, soterrando pessoas e é verão. Ora pessoas, animais, morrem de fome pela seca. É o Nordeste que reza, implora a São Sebastião e a chuva não chega se voltam a São José, até lá ficam na espera. E o sertão é castigado, o povo faminto, o gado esquelético, o chão rachado, os poços vazios, sem água, nada. O inverno nunca chega. Por que não dessalinizar a água do mar, tornando-as potável, irrigando o Nordeste, dando ao valente Nordestino, dignidade, cidadania. Estamos passando por fases esperadas por culpa de todos nós, mas nunca vistas. O maior rio do mundo em volume de água, põe a pique populações inteiras, municípios que margeiam sua passagem. É o Amazonas e seus municípios dentro da água. É Manaus que teve a infelicidade de ver seus governantes soterrando os igarapés que circundavam a cidade e que como “rio não tem cabelo”, como dizia minha avó, o PROSAMIN corre sério risco de afundar na lama. O Maranhão, Piauí, Ceará, devastados pelo volume de águas que assustam e matam populações. Algo está errado. Destruímos e construímos nas margens dos rios, igarapés, devastaram toda a sua vegetação, a mata ciliar foi destruída e agora? Claro que o rio, o mar vai subir e chegar até os grandes edifícios construídos após soterramento dos mesmos. Basta de engodo ao povo Cabe a você cientista, mostrar ao cidadão a fórmula capaz de solucionar problemas Basta de crenças quando a solução é política. Que os representantes do povo sejam capazes de cumprir suas obrigações, em vez dos aumentos catastróficos, das benesses que se dão, empregar a verba em soluções à população. Tirar o sertão do caos, distribuir o verde, a fartura, água, água, cidadania. Brasil! É hora de dizer não às levas e levas de migrantes, retirantes, as fugas de homens bravios para as cidades grandes. A solução está nas mãos dos governantes. Da seriedade do tratamento com o dinheiro público. É hora de dar solução aos brasileiros, retirar-lhe a venda dos olhos, despertando-os da cegueira crônica que vem sendo acariciada por centenas e centenas de anos. Não podemos continuar vendo nossos irmãos sendo tratados como coitados. São cidadãos, são brasileiros. Solução única. VERGONHA NA CARA E COBRANÇA COM PUNIÇÃO AOS POLÍTICOS QUE AINDA PENSAM QUE O BRASIL É UM CONDADO, UMA CAPITANIA HEREDITÁRIA ONDE SEUS DONATÁRIOS SÃO A LEI E A ORDEM. ACABOU. O BRASIL É OUTRO. VAMOS DESPERTAR.

Um comentário:

JAKELINE MAGNA disse...

Desabafo...simples e sincero meu...