sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Está Proibido no Brasil: Bronzeamento Artificial

As câmaras de bronzeamento artificial não poderão mais ser usadas para fins estéticos no Brasil. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou ontem resolução que proíbe, além do uso, a importação, o recebimento em doação, aluguel e a comercialização desses equipamentos. A medida foi motivada pelo surgimento de novos indícios de agravos à saúde relacionados com o uso das câmaras de bronzeamento. Um grupo de trabalho da Agência Internacional para Pesquisa sobre Câncer (IARC), ligada à Organização Mundial da Saúde, noticiou a inclusão da exposição às radiações ultravioleta na lista de práticas e produtos carcinogênicos para humanos.

Riscos do bronzeamento:
  • O risco de aparecimento de um melanoma aumenta em 75% quando o uso de câmaras de bronzeamento começa antes dos 30 anos.
  • Há possibilidade de prejuízos à resposta imunológica da pele e, possivelmente, dos olhos.
  • Não há efeito positivo para a saúde. O bronzeamento artificial confere pouca ou nenhuma proteção contra o dano solar à pele ou deficiência de vitamina D.
  • Exposição à radiação ultravioleta pode causar severos problemas oftalmológicos e de pele em médio e longo prazo.
  • O melanoma representa 4% dos tipos de câncer de pele, mas é o mais agressivo deles devido à alta possibilidade de metástase (invasão de outros tecidos ou órgãos).
  • O Instituto Nacional de Câncer estima que 50 novos casos desse tipo de câncer surgiram no estado no ano passado.
  • A Agência Internacional de Pesquisas do Câncer classificou os aparelhos de bronzeamento que utilizam emissão de raios UV no grupo 1 - o nível mais alto entre os cancerígenos -, junto com o arsênio e o gás mostarda.
O bronzeamento artificial já estava proibido pela Anvisa para menores de 16 anos e para jovens com idade entre 16 e 18 anos que não apresentassem autorização do responsável legal. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de pele corresponde a 25% dos tumores malignos registrados no país.


O que resta agora para as malucas por bronzeamento, se bronzear proximo ao fogão ...hahaha...

3 comentários:

Bárbara disse...

Nossa!Não sabia que o bronzeamento artificial causava tantos problemas!E creio que muita gente também não sabia dessa,ainda bem que foi proibido agora não vamos ver mais nas ruas as bronzeadas falsas...kkkk terão que recorer ao forno!kkkk Beijoooos!

Dora Regina disse...

Já deveria ser proibido, há mais tempo...
Grande abraço!

Claudia disse...

que bom que ficou proibido...