terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Pulserinhas do Sexo

À primeira vista, uma colorida pulseira de plástico nos pulsos de crianças parece inocente. Mas na realidade elas são um código para as suas experiências sexuais, onde cada cor significa um grau de intimidade, desde um abraço até ao ato sexual completo. As pulseiras podem facilmente confundir-se com mais uma daquelas modas que pega, uma vez que é usado por milhares de jovens e adolescentes em várias escolas primárias e preparatórias no Reino Unido e custam apenas uns centavos em qualquer banca de esquina. Mas as diferentes cores das ditas pulseiras de plástico, preto, azul, vermelho, cor-de-rosa, roxo, laranja, amarelo, verde e dourado – mostra até que ponto os jovens estão dispostos a ir, se proporcionar, desde dar um beijo até fazer sexo.

Amarela – um simples abraço
Rosa – mostrar o peito
Laranja – dentadinha de amor
Roxa – beijo com a língua – talvez sexo
Vermelha – dança erótica à curta distância
Verde – sexo oral a ser praticado pelo rapaz
Branca – a menina escolhe o que quiser
Azul – menina faz sexo oral (boquete)
Preta – sexo com o rapaz que arrebentou a pulseira ou vice e versa

600--pulseira_do_sexo_escolas_04-12

Vi uma entrevista com uma psicóloga, Fernanda Gorosito, que afirmava que “a proibição vai causar maior curiosidade. Para as crianças, não passa de uma brincadeira, elas não entendem a conotação do ato. Os pais precisam conversar para explicar que isso pode ser um ato de desrespeito com o próprio corpo”. Segundo ela, a partir dos 8 anos as crianças começam a diferenciar o masculino do feminino e a mostrar sentimento pelos colegas. Por isso alguns chamam um amigo de namorado, ou namorada, sem sequer trocar um beijo.

Resumo da ópera: Tente prestar atenção ao que seu filho está dizendo através dos sinais que ele manda, ao invés de proibir os sinais, pois ao proibi-los, você está dificultando ainda mais a comunicação, que já está truncada; vá atrás do que está movendo ele, não do sintoma, ok? ;-)

E antes de tudo, sejamos razoáveis: Muitas vezes, uma pulseira é só uma pulseira. Eu tenho certeza que seu filho de 06 anos não está querendo fazer sexo oral. Menos, né moçada? :-)


5 comentários:

Lidia Ferreira disse...

excelente dica amiga , otimo texto
OI , preciso de um favor seu ,e uma coisa muito importante , quero saber sua opinião se vc e contra ou a favor , assim que vc puder entre no meu blog e deixe seu comentário
Bjs deste já meu muito obrigada

Sara Neves - Blog Normal, mas nem tanto... disse...

Vi a reportagem na televisão, no domingo...

Menina.. A que ponto estamos chegando.. =/

Sara Neves - Blog Normal, mas nem tanto... disse...

Linda, tem Selo pra você lá no Blog! Pega lá!

Lidia Ferreira disse...

Ola, ja tenho endereço de e-mail dos senadores , quando tiver um tempinho de uma passadinha no meu blog
Deste ja Obrigada pelo apoio

Ana Lúcia disse...

Querida, saudades adorei o post.Bjos