segunda-feira, 12 de abril de 2010

O perigo morava ao lado!! Luziâna/GO

O pedreiro Admar de Jesus Silva, de 40 anos, vivia no mesmo bairro dos seis jovens que ele confessou ter assassinado em Luziânia. O acusado estava preso por estupro contra duas crianças, mas foi libertado em dezembro e não recebeu o tratamento psiquiátrico recomendado. Uma semana depois, Admar matou o primeiro adolescente. Um retrato falado e um telefone celular teriam ajudado a polícia a chegar ao assassino. O acusado revelou ontem onde estavam enterradas as vítimas. A remoção dos corpos foi acompanhada por parentes dos jovens sob forte comoção e apelos por Justiça. O pedreiro foi transferido para Goiânia. Este psicopata e assassino foi solto em dezembro do ano passado, beneficiado pela progressão de pena, direito dado a presos que apresentam bom comportamento. Uma semana depois, fez a primeira vítima. O pedreiro morava na mesma região onde os jovens foram atacados e, de acordo com a polícia, não teve dificuldade em indicar o local onde enterrou os corpos e demonstrou frieza ao falar dos crimes.  Meu Deus, mas que crueldade deste homem, isso é um monstro, ele deve ser punido sem piedade, dentro da lei. Queremos JUSTIÇA, JUSTIÇA, JUSTIÇA, este mau elemento deve "mofar" na cadeia, deve ser enjaulado pois não tem condições de voltar á sociedade, ele é antissocial, não deve conviver com pessoas! Agora as perguntas ficam no ar. Por que este psicopata voltou para as ruas? Por que  ele não teve o tratamento necessário e recomendado por psiquiatras? Estas respostas a justiça brasileira não tem como dar. Vi noticias que havia laudos que apontavam o risco, que [mostravam ser] este homem um pedófilo perigoso. A libertação dele sem qualquer tipo de assistência permitiu essa desgraça. E seis vidas foram perdidas.  Acho que a justiça tem que punir o juiz que deu o alvará de soltura para este psicopata.  Ele tem que se responsabilizar pelo crime bárbaro que este assassino, pedófilo e psicopata cometeu. Mas será que veremos uma punição? Creio que não!! Mas claro que o poder judiciário neste momento vai jogar a culpa para todos os lados. Mas observo que nem o psicólogo/psiquiatra pode errar em teste para identificar um psicopata nem o Juiz pode liberar para o seio da sociedade um psicopata que foi atestado em laudo psiquiátrico. "Regime de Progressão de Pena", até quando o judiciário "ajudará" esses assassinos. A lei tem que proteger o cidadão de bem. VEJAM O QUE VOCÊS FIZERAM. Ainda tem como consertar tornando sem efeito esse benefício, ou seja, MALEFÍCIO... Vejo que tem que mudar rapidamente a legislação brasileira, deveria acabar com essa história de condicional depois de 1/3 de pena para qualquer criminoso. Alguns criminosos tem que ficar longe da sociedade por pelo menos 50 anos e mesmo assim passar por uma avaliação detalhada antes, podendo até ser negado caso for necessário o pedido de condicional. Tem gente que infelizmente, precisa mofar na cadeia. Esse caso tem que servir de exemplo para que as autoridades pensem 10.000 vezes antes de soltar um assassino como esse. Espero que da próxima vez, eles imaginem que o(a) próximo(a)a ser violentado e morto a pancadas seja seu filho, irmão, ou até eles próprios... Mesmo que se encontre o culpado pela soltura do psicopata pedófico assassino, isto não trará à vida os seis jovens que por ele foram estuprados e mortos, ficando suas famílias com, além do luto, da dor e do sofrimento eterno da perda de entes queridos, tendo que continuar a pagar impostos para um Estado que não foi capaz de livrá-los de um ser doentio que estava atrás das grades sob a guarda do Poder Judiciário! E enquanto as mães da vitimas: FORÇA! Me solidarizo com a dor imensa que as mães e familiares destes jovens estão neste momento, que Deus possa confortá-los. Justiça, Paz e Solidariedade!!

6 comentários:

Luciana P. disse...

Realmente, li sobre isso no UOL notícias e fiquei abismada com a frieza e crueldade desse sujeito. E a justiça? sei lá o que eles entendem por pessoas desse naipe.

Muito bom o seu post. Faz pensar!
Beijos!

Dora Regina disse...

Com certeza esse juiz tem que ser responsabilizado por esses crimes, esse psicopata não era pra estar nas ruas e sim num manicômio penitenciário, quero ver quem vai pagar o preço...
Um grande abraço!

KG disse...

Jak!
Que coisa, não? Não sei, parece que o mundo está cada vez mais doente... Quantos absurdos estamos acompanhando!
Bom, fazer o quê, né! Continuemos caminhando...
Boa semana!

Leandro Ruiz disse...

A maioria das vezes as pessoas se escondam por trás de máscaras, as quais são apresentadas a nós e é a qual aprendemos a confiar, mas depois quando ela se cai nós nos decepcionamos...
Abraço!

[Carioca] disse...

Olá, fiz meu blogger a uns 4 ou 5 dias...e venho convidar vc a conhece-lo...serei sua seguidora, se puder fazer o mesmo...beijinhos

Andreia disse...

Oi Jake,
eu li esta notícia hoje.
E caramba concordo contigo, da raiva e repulsa saber que um ser deste saiu pela porta da frente da prisão e com ordens da justiça.
Estes tipos não podem ter direito a visitar familiares, a cumprir pena em liberdade.
Eles apenas querem aliviar os presídios que não tem mais espaço para acolher estes assassinos, pedófilos e estupradores.
A nossa lei é falha demais, os que as aplicam mais ainda.
É de cortar o coração o sofrimento destas famílias.
Eles eram lindos e tão jovens, agora quem vai pagar por estes crimes que ao meu ver foi com a permissão da lei, já que o soltaram?
Infelizmente ninguém pagará por estas vidas perdidas de forma tão cruel e brutal.
Os Nardonis por exemplo só pagaram por causa da comoção pública, se eles saíssem livre ia ser um quebra-quebra só.
Nós temos que fazer é muito barulho quando estes crimes bárbaros acontecem, só assim veremos a lei ser mais ou menos cumprida.
Doce beijo na alma lindinha...