sexta-feira, 21 de maio de 2010

A Beleza é sua importância para a Vida

Não ame pela beleza, pois um dia ela acaba. Não ame por admiração, pois um dia você decepciona-se... Ame apenas, pois o tempo nunca pode acabar com um amor sem explicação!!! Há pessoas que querem ser bonitas para chamar a atenção,  outras desejam a inteligência para serem admiradas. Mas há algumas que procuram cultivar a Alma e os Sentimentos. Essas alcançam a admiração de todos, porque além de belas e  inteligentes tornam-se realmente PESSOAS.

A quanto anda o nosso interior? O lado externo é fácil cuidar. Nada que um banho, perfumes, pente e maquiagem não resolva. Mas e o nosso interior? Como fica? Como temos demonstrado o que somos? São perguntas cujas respostas não podem ser imediatas. Precisamos refletir para responder depois. Me assusta ver pessoas lindas por fora e sem nenhum conteúdo. Simplesmente não dá para imaginar como alguém pode se preocupar tanto com o exterior e nem correr os olhos pelo que vai dentro de si mesmo. Considero, por exemplo, a inteligência uma dádiva divina. Tal qual qualquer instrumento que temos aqui, se não usado atrofia (ou estraga). Aí vejo pessoas se recusando a aprender as coisas procurando sempre uma forma mais fácil de resolver seus problemas, sem se preocupar com o amanhã. E este perfil ainda é bom, porque pior ainda é aquele tecem seus próprios conceitos acerca de tudo e de todos sem aceitar opinião contrária. Aí conversamos com estas pessoas, lindas por fora, esperando um mínimo de beleza interior. Não me canso de surpreender com o besteirol que ouço. E aí me bate aquela preguiça de tentar explicar as coisas ou de tentar defender minha opinião. Normalmente eu encerro o assunto dizendo o meu famoso: "Ok! Você está certo!". Pois bem. O meu objetivo neste texto é que possamos rever nossos conceitos e atitudes para voltarmos para dentro de nós mesmos e melhorar o nosso "ambiente interno".

A beleza transitória da matéria passa depressa.  Procure a beleza interna das pessoas com que convive.  Há flores belíssimas e perfumadas, que só duram poucas horas.  No entanto, apesar de feias, as pedras duram milênios, realizando suas tarefas.  Não prefira o efêmero ao eterno, a beleza à sabedoria.  Firme-se no que dura para sempre, que é o Espírito imortal,  nosso verdadeiro EU, e não no cedo que desaparece.

2 comentários:

Ádama Brás disse...

muito perfeito, amei.

Socorro Melo disse...

Oi,Magna!

Passei para uma primeira visitinha e já vou ficando. Uma beleza o seu texto. Infelizmente, o culto ao corpo e a futilidades tem deixado muitas vítimas, em detrimento de virtudes preciosas e valores nobres. As consequencias são sempre desastrosas. Mas, que podemos fazer? Acho que isso depende de cada um, é uma opção pessoal, não é?

Fica com Deus. Parabéns pelo seu trabalho.
Socorro Melo