quinta-feira, 20 de maio de 2010

Deficiências - Mário Quintana

"Deficiente" é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino. "Louco" é quem não procura ser feliz com o que possui. "Cego" é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores. "Surdo" é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês. "Mudo" é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia. "Paralítico" é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda. "Diabético" é quem não consegue ser doce. "Anão" é quem não sabe deixar o amor crescer.  E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois: "Miseráveis" são todos que não conseguem falar com Deus. A Amizade é um Amor que nunca Morre.

Nesta bela crônica Mário comenta sobre Egoísmo e Medo das pessoas com o mundo e seu semelhante. Esquecemos que todos somos irmãos, o outro não importa mais nem o medo. O medo de deixar cair nossas máscaras e mostramos nosso verdadeiro "EU" para o mundo. E por fim ele deixa a mensagem que: A amizade duplica as alegrias e divide as tristezas. 

6 comentários:

Luciana Klopper disse...

Amei, amei e amei demais!

Jakeline Magna disse...

obrigado... obrigado... por sua visitinhaaaa ilustre... sempre fico feliz...bjs lu

Elaine disse...

Jakeline,
Este é um comentário-convite.
Quero convidar você para participar de uma mega promoção que está acontecendo lá no blog: sorteio de 1 exemplar do livro Perseguição digital. Para participar basta acessar este link e preencher o formulário. É simples e bem rápido. Espero você.
Beijos e obrigada.

Dora Regina disse...

Que lindoooo...
Parabéns pelo blog!
Um grande abraço!

Tânia Meneghelli disse...

Oi Jake!

Puxa, chega a ser atrevimento comentar um texto de Mário Quintana... Que palavras tão bem colocadas, quanta sabedoria em tão poucas linhas! ADOREI!

Montão de beijocas!

Jakeline Magna disse...

Tânia fui muito impulsiva mesmo comentar um texto deste importante escritor... mas agradeço o sue comentário... vc sempre muito gentil... obrigdaaaaa...


Doraaa beijaooo para ti...