quarta-feira, 12 de maio de 2010

Síndrome... "Eu posso tudo!!"

A cada dia que passa ficou mais desanimada e entristecida com alguns seres que se dizem humanos. Existem situações na vida que nos defrontamos com situações deploráveis em relação ao convívio com certas pessoas. Elas acham que são tudo! Vivem em vitrines. Adoram aparecer e serem motivos de destaque e ao serem contrariadas são capazes até de disputar com os animais selvagens as atitudes mais severas. Sorridentes quando todos concordam com elas. Lobos ferozes quando não são compreendidas ou aceitas. E se acham no direito de humilhar e tratar mau o seu colega de trabalho. Pelo simples belo prazer de dizer que "Eu posso tudo". Reivindicadoras de direitos que não possuem e exigentes em benefícios que nem se quer deliberaram para ninguém quando tiveram oportunidades. Egoístas de plantão e lápides ambulantes que deixam rastros de dor por onde passam. Outros por estarem a frente de fundações, corporações, entre outras responsabilidades perdem a noção das suas responsabilidades e começam a colocar o lado déspota no dia a dia em problemas tão pequenos que apenas nos lembram as matilhas dos lobos. Um reino de avelã tão minúsculo onde duendes fantasiados de humanos ou humanos fantasiados de duendes pensam ser algo tão superior que possuem um Deus só para eles. Imagine. Um gênio da lâmpada, porque a relação com Deus é para restituir. Restituir o carro, a empresa, o dinheiro, o luxo. E usam o artifício que se o Deus deles é rico, eles também são ricos. Ricos de sabedoria, de amor, doação, sinceridade e de mãos que curam, que plantam, semeiam, constroem. Mas tem os que porque tem um curso acadêmico à mais, já andam de nariz empinado e são verdadeiros preconceituosos culturais. Mas nada constroem. São vazios. São como uvas secas.

5 comentários:

Luciana Klopper disse...

Isso tb me revolta!!!!!!!!

Beta disse...

Mandou ver ein!rs
Concordo com vc!!!
Até porque a humildade tem que estar acima de tudo!

bj

Angel disse...

Pois é, Jake, quem se acha muito grande, é na verdade o mais pequeno...

Abraço!

Tânia Meneghelli disse...

Oi Jake!

Isso é mesmo revoltante. Uma frase de Jakes Regismanset resume bem a situação: "UM HOMEM CHEIO DE SI É SEMPRE VAZIO".

É assim que vejo as pessoas que não têm a menor consideração pelo próximo: gente infeliz, que provavelmente jamais entenderá que só poderá ser verdadeiramente respeitada e aceita quando souber se doar também.

Excelente post!

Beijoca!

Vanda Ferreira disse...

Eu abomino a 'religião', porque muitas vezes não querem nos levar a Deus, e sim 'levar dinheiro à eles' (Os religiosos)
Eu compartilho da sua indignação amiga!