sexta-feira, 11 de junho de 2010

Lady Gaga lança novo Clipe Alejandro #polêmico


A Estrela da Música Pop Internacional Lady Gaga lançou está semana o seu novo clipe da canção Alejandro do seu cd The Fame Monster. O clipe é incrível! Começa num funeral no meio da neve e o tempo todo é meio obscuro, sombrio e claro gótico. Tem algumas cenas polêmicas, como a de Gaga numa cama dançando loucamente junto com um homem e ele com uma roupa de freira perto de umas cruzes, meio Madonna mas com a cara de Gaga. Analisando o clipe vemos que Alejandro é mais uma marca clássica da era The Fame Monster, assim como é Bad Romance.  No videoclipe ela representa uma espécie de líder de um exército de homens a satisfazer seus fetiches. Com uma ótima edição e fotografias impecáveis Gaga percorre 8 minutos e 44 segundos com maestria. O clipe mescla um pouco de linguagem de cinema com linguagem pop sofisticada, distribuídas em muitas cenas coreografadas e cenas de ação moderada, misturadas com de mistério ao mostrar um coração acima de um travesseiro e também um caixão daquele que seria do seu amado “Alejandro”. Ela traz uma severa crítica ao modelos de sociedade em que estamos inseridos (o que inclui conceitos cristãos, políticos, etc). A meu ver, Alejandro traz uma crítica à domesticação do desejo por uma política patriarcal representada pelos símbolos masculinizantes hegemônicos bélicos e pela lógica disciplinadora da religião. O clipe não começa com um velório à toa: o que morreu ali foi um coração, que representa o amor na pura essência e as múltiplas formas de desejo tolhidas pelos mecanismos disciplinadores do mundo moderno. Além de as cenas homoeróticas e de inversões de papéis representarem a desestabilização das dicotomias homem-mulher, macho-fêmea etc., Gaga parece mostrar a possibilidade de ir além das lógicas patriarcais que estagnaram papéis e controlaram desejos. Gaga quer se libertar disso. Ela traz uma nova realidade, na qual gays podem adotar a postura que desejar, uma vez que em outro determinado momento as mulheres assumiam seus ternos, sapatos e gravatas. Nada mais justo. Mais que isso, Gaga aparece como uma defensora deste movimento, lutando contra a imposição. Na cena do funeral, ela carrega um coração, enaltecendo que as pessoas (talvez assim como Alejandro) podem morrer, seus corpos serem definhados, mas suas idéias, sua luta, sua marca é algo indissolúvel na história. Enfim, vejo Alejandro como uma crítica ao logocentrismo moderno, às estereotipações binárias de identidade e diferença que o caracterizam, mas um apelo a uma luta para a libertação de tudo e de todos.  Mais uma vez Gaga nos presenteia com mais uma bela obra videocliptica e porque não cinematográfica (o vídeo pode ser considerado um curta), se tornando assim desde já um clássico Pop.Então, faça-mos nossa parte e não mais sofreremos por mais nenhuma perda. Por mais nenhum Ale-Alejandro. O que vocês acharam do novo clipe?

8 comentários:

Amanda Zanqui disse...

Oi Jake! Tudo bem? Bom, eu particularmente não gosto do estilo da Lady Gaga, acho que ela imita a Madonna. Respeito ela, mas não me identifico rs. Ela usa muito apelo sexual nos seus videoclips o que influencia a cabeça de crianças a adolescentes, o que é justamente o problema pois ainda estão em formação. Nós adultos tudo bem pois já temos nossa cabeça formada e sabemos discernir o bom do ruim. Então apelo não é liberdade alguma e sim libertinagem. E outra coisa, acho que uma sociedade tem que ter regras sim, pois se já é uma bagunça com regras imagina sem. E também, acho preconceito dela contra os cristãos, pois ser cristão é bem diferente de ser religioso, pois a religião em si é fria e separa as pessoas, mas Jesus nos ensinou a amar a todos e não julgar, amar todos sem excessão e tratá-los bem mesmo a pessoa tendo uma opinião diferente da sua. Agora os que não conhecem e não tem um relacionamento com o Deus vivo, não entendem e acham que é religião ou algo forçado e sem liberdade. Na verdade, quando se está em Cristo, aí sim somos livres de todas correntes que nos prendem de viver uma vida em paz e com amor em abundância. Quantas vidas libertas de adultério, drogas, alcolismo e todas as consequencias etc. Jake, espero que tenha entendido o meu ponto de vista. O seu blog está lindo, cada vez melhor. Um beijão

José Sousa disse...

Fiquei deslumbrado não só com seu blog, como também pelas suas postages, maravilha! Gostei e irei continuar a vir aqui!
Conheça os meus em:
www.congulolundo.blogspot.com
www.queriaserselvagem.blogspot.com

Um abração do tamanho do mundo.

Jakeline Magna disse...

Amanda querida adorei a seu ponto de vista... obrigado por compartilhar conosco... beijão

Multiolhares disse...

Não consegui abrir o video mas o que descreves é uma alerta á sociedade, e na verdade são as situações que mais polémica geram que acabam sendo interiorizadas pelos demais, seja pela forma positiva ou negativa, mas acaba por ser falado e no fundo é isso que se quer
beijinhos

Jakeline Magna disse...

Por aqui o video abriu tranquilamente.... uma pena vc nao ter conseguido... mas obrigada por sua contribuição com o post...

Francine Galiano disse...

Faço minhas as palavras da Amanda Zanqui.

Mônica disse...

Na verdade, eu descordo um pouco com vocês. Olha Lady Gaga saiu ganhando com isso pois a fama dela ficou lá em cima com esse clipe. Mas ela usa a cruz inversa para chamar atenção das igrejas e também do militarismo que na minha opnião, são mais preconceituosos do que uma pessoa que frequenta igreja. Esse é o ponto positivo do clipe. As cenas fazem com que as pessoas veem também que há pessoas diferentes. Vocês mesmo não finjam de santos vocês ficaram com preconceito por causa das cenas hemoeróticas porque estão acostumada com pessoas normais. Vocês acham que só pela pessoa gostar de uma pessoa de um mesmo sexo é um crime ou sei lá o quê. Então pensem nisso gente.

Anônimo disse...

Concordo com monica, ha pessoas que se escondem atras de um vel invisivel, pois querem pousar de santo, escondendo oque realmente são, se cada pessoa tivecem um pouco de Lady gaga e tentace diminuir os problemas sociais como ela nosso mundo teria menos problemas e com certeza mais animado, e tambem acho que lady gaga não é influencia a ninguem porque cada pessoa é o que quer se quiser ser lady gaga que seja...