sexta-feira, 9 de julho de 2010

Eliza Samudio morte violenta #casobruno #revoltante

Psicopatas podem ser uma necessidade de mercado
O psicopata não sofre. Ele não tem sentimento de culpa. O psicopata tem uma loucura sã. Ninguém é mais simpático e sedutor que o psicopata. Eles sorriem, envolvem. Muito psicopata, que a família interna, sai do hospício em uma semana. Os médicos dizem: “Mas ele não tem nada!” Eles se fazem amar, até o momento em que seu interesse é contrariado. Então, ele pode até matar, na boa, como um ato corriqueiro. Com uma lógica sinistra: “me contrariou, aí eu matei”. Ninguém mente melhor que um psicopata. Eles são sempre vítimas, até de suas vítimas vivas ou mortas. Hoje, nas novelas de TV, temos sempre um psicopata: Maria de Fátima, Flora, a Clara de agora… tudo psicopata. E fazem sucesso porque a ausência de culpa lhes fascina. Talvez, eles sejam a tara do nosso tempo. Já houve a histeria do século 19, a melancolia do século 20… Hoje, o grande surto são os psicopatas, frutos do excesso de violência, do terrorismo e do sucesso a qualquer preço. Talvez eles sejam até uma necessidade de mercado.(Arnaldo Jabor)
O jogador Bruno Fernandes das Dores de Souza teve uma infância pobre e foi abandonado ainda bebê pelo pai e a mãe. Da pobreza e abandono dos pais passou para o estrelato e assim nasceu o ídolo do Flamengo. Logo se transformou em um excelente jogador conhecido mundialmente. Que sempre apresentou dificuldades psicológicas comentadas por amigos e treinadores. Em 2009, o goleiro conhece a jovem Eliza Silva Samudio, modelo e atriz pôrno em uma orgia sexual na sua fazenda em Minas Gerais. Em meados de junho surge na mídia uma noticia que envolve o jogador que abala o mundo do futebol. A rotulada inocente Eliza aparece como vítima inegável e inquestionável, apesar de fazer parte de um roteiro comum de quem queria se dar bem na vida. A jovem engravidou e cobrava a paternidade do goleiro e conseqüentemente uma gorda pensão. Desaparecida e possivelmente esquartejada( e jogado os seus restos mortais para os cães) e a mídia destaca como pivô deste crime o goleiro Bruno e seus amigos. Que tipo de ser humano temos nesse país?? Fico me perguntando o porque do ser humano ser capaz de tanta crueldade. São uns verdadeiros loucos, que no lugar do coração tem não uma pedra, pois qualquer coisa (viva ou morta) que eu os comparar vai ser muito melhor que os assassinos de Eliza Samudio. Crueldade um palavra que cada vez mais vem me assombrando. Tudo é tão chocante neste caso. Entregar o corpo de uma mulher aos cães comerem, praticamente um caso macabro e arrepiante. A reação deste jovem goleiro Bruno e repugnante e por isso podemos concluir ele é um psicopata frio e calculista destacado na crônica acima do Jabor. A frieza desse cara extrapolou o campo, mesmo diante de tantas evidências que cresce a cada dia ele continua com o seu ar sedutor  dizendo que é inocente. Esta frieza foi muito além do permitido. Pensei que o sangue frio dele se restringia a uma cobrança de penalti, a uma partida de futebol. Nada justifica a violência, neste caso o jogador é tão preparado para defender as bolas dos atacantes, não consegue ter o mínimo de equilíbrio emocional para lidar com as adversidades e apela para violência. Analisando o caso por completo, observo que a pobre Eliza é filha de um canalha, estuprador/pedófilo. Foi deixada a própria sorte pela mãe. Ela devia passar por um inferno. Estava acostumada em lidar com canalhas (pornografia, orgias). Achou que o goleiro era apenas mais um canalha entre tantos e que bastava ter denunciado o mesmo à polícia para poder afrontá-lo. Não se deu conta que foi de encontro ao demônio. Vivemos no meio de monstros e só nos damos conta quando é tarde demais. O caso Bruno é uma reunião de tudo o que está errado no mundo adulto. Se você tem um problema, elimine-o. Nada no mundo pode atrapalhar a sua felicidade (o velho chavão da autoestima "o que importa é você estar bem", ou "primeiro você, depois os outros"). História intragável, sórdida. No meio de toda essa cena macabra, aconteceu um milagre, a meu ver. A criança ser encontrada sem nenhum arranhão um milagre. Porque esses monstros poderiam ter matado a criança também!! Neste momento veio a imagem do futuro deste bebê(com a guarda sendo de uma avó oportunista), dentro de poucos anos, num simples acesso a internet, o menino ficará sabendo de todas informações sobre este caso monstruoso envolvendo seus pais. Muita coisa está fora da ordem nesse mundo adulto, até quando?? E continuo perguntando está moça Eliza merecia este triste fim?? Merecia ter uma morte tão monstruosa?? Porque uma pessoa que está na mídia diariamente manda matar com atos macabro a mãe de seu filho?? Não tenho respostas para tais perguntas, só muita indignação e revolta com tamanha crueldade por um ser humano. Até que ponto chegou a monstruosidade humana... Por fim espero que a alma de Eliza encontre a paz necessária e que o seu bebezinho possa ter uma vida feliz.

8 comentários:

Amanda Zanqui disse...

Oi Jake! Menina que estória horrível! Coitada dessa moça hein! Eu não to muito por dentro do que aconteceu. Mas nossa, fiquei horrorizada pelo que li agora. E tbm achei muito interessante o que o Arnaldo Jabor escreveu sobre o psicopata, como se fosse o mal do século (sucesso a qualquer preço). Fica com Deus querida, um beijão (ah, seu blog tá lindo!)

Carol disse...

Não sei se é revolta, indignação ou até mesmo chocante o que ocorreu com essa moça, já que segundo dizem ela o perseguia mesmo o advogado e o juiz terem dito a ela para manter distancia de Bruno. Eu acho que ela procurou de certa forma, porém, a forma como ela foi morta foi algo macabro, surreal. Sendo esquartejada e jogada aos cães sem direito nem a um enterro digno já que não sobrou nada, sem contar que deixou um filho que no futuro terá que saber sobre a história e que certamente se não tiver uma boa base familiar terá seu psicologico afetado ao saber do caso que envolveu sua mãe e seu pai.Tenho pena sim, mas não dela, afinal infelizmente ela já está morta e nada podemos fazer a não ser esperar por justiça, mas pelo filho dos dois que agora está com a avó, mãe de Elisa, já que o avô também não é pelo jeito lá aquelas, já que está sendo acusado de estuprar uma garota de 10 anos. Enfim, espero que se faça justiça, assim como no caso da Isabella Nardoni e da filha da escritora Gloria Perez.

Vanessa Orgélio disse...

...
Voce conseguiu transmitir os sentimentos de todo mundo...

Jakeline Magna disse...

amigas obrigado pela contribuição no post... seus comentários ajudam muitooo... beijinhos

Vanda Ferreira disse...

Oi Jake, entre pelo painel rascunho:
http://draft.blogger.com/home
É só clicar neste link.
Lá você verá as estatísticas.

Beijos
Vanda

Vanda Ferreira disse...

Por mais vagabunda que ela fôsse, não merecia um fim destes, ninguém o merece.
É triste ver onde ela chegou.
Mas não sei entender isso, um dia postarei sobre minha infância que tive, um pai alcóolatra que disparou vários tiros de evolver em minha mãe, tive uma infância infernal, e hoje sou uma adulta bem resolvida, quem conhece minha história não acredita que não fiquei com traumas e problemas emocionais/pisicológicos.
Creio que a pessoa precisa 'buscar' dentro de si, ou uma ajuda para melhorar na vida, foi o meu caso.
Sempre trabalhei desde os 12 anos, corri atrás de estudos e carreira, nunca procurei 'escalar' em homens ricos, creio que isso faça diferença amiga.
A moça procurou um jeito fácil de ganhar a vida, e facilmente foi tragada por ela.
Me entristeço mais é pelo filho, um bebê que sabe lá Deus que destino vai ter.

Beijos minha flor ♥

Jakeline Magna disse...

Vanda queridaaaaa vc é propria vivaaaa que infancia destruturada pode levar a vida adulta estruturada e feliz... adorei o seu post... obrigado pela contribuição

Taty disse...

nao acredito q o bruno fez isso.
acho q essa menina ainda vai apaarecer eu creio
eu amo o bruno demais até tenho várias fotos dele na porta do meu quarto.
choro sempre quando vejo pessoas o acusando sem provas...
jente se eu discutir com alguem hoje e o mesmo amanhecer morto amanha,nao qer dizer que eu o matei..acho injusto oq as pessoa qerem fazer cm o bruno...se eu pudesse dizer a ele q eu o amo,eu diria pra ele e pro mundo inteiro...eu sou a fan numero um dele.
nao acusem ele sem provas gente por favor...qem somos nos pra julgar algum?
bjuss taty manaus amazonas.