quinta-feira, 28 de julho de 2011

O Cego e o publicitário em Paris

Dizem que havia um cego sentado numa calçada de Paris com um boné a seus pés e um pedaço de madeira que, escrito com giz branco, dizia: "Por favor, ajude-me, sou cego". Um publicitário, que passava em frente a ele, parou e viu umas poucas de moedas no boné. Sem pedir licença, pegou no cartaz, virou-o, pegou no giz e escreveu outro anúncio. Voltou a colocar o pedaço de madeira aos pés do cego e foi-se embora. Pela tarde, o publicitário voltou a passar em frente ao cego que pedia esmola. Agora, o seu boné estava cheio de notas e moedas. O cego reconheceu as pisadas e perguntou se havia sido ele quem reescreveu o seu cartaz, sobretudo querendo saber o que havia escrito ali. O publicitário respondeu: "Nada que não esteja de acordo com o seu anúncio, mas com outras palavras". Sorriu e continuou o seu caminho. O cego nunca soube, mas o seu novo cartaz dizia: "Hoje é Primavera em Paris, e eu não posso vê-la".

Dica do Dia: Sempre é bom mudarmos de estratégia quando nada nos acontece... assim podemos trazer novas perspectivas.

4 comentários:

Juliana Santiago disse...

que texto lindo ** A M E I
-jmsdramaqueen.blogspot.com

mfc disse...

Não sei se é verdade ou não... mas é genial!!

♥ Vanda ♥ disse...

Obrigada por seu carinho sempre e sempre amiga! Você mora aqui → ♥

Leandro Ruiz disse...

O sucesso é construído de 99% de fracasso. (Soichiro Honda)
…Mesmo distante, não esqueço deste “espaço” aconchegante!
Obrigado por sempre estar presente…
Paz e bem!
www.lleandroaugustto.blogspot.com
www.eu-e-o-tempo.blogspot.com
Leandro Ruiz